Curiosidades sobre a Mata Atlântica
Curiosidades sobre a Mata Atlântica

Descubra 27 curiosidades sobre a Mata Atlântica

Conheça 27 curiosidades sobre a Mata Atlântica, este importante bioma brasileiro que abrange uma vasta região da costa do país. Além de fornecer recursos naturais essenciais para atividades produtivas, como água, madeira e matérias-primas para medicamentos e alimentos, a Mata Atlântica é uma zona de grande biodiversidade, com muitas espécies endêmicas, que ajudam a manter o equilíbrio ecológico e ambiental nacional.

A Mata Atlântica também desempenha um papel fundamental na regulação climática brasileira, possibilitando a formação de umidade e pluviosidade necessárias para diversas atividades humanas. No entanto, esse bioma está ameaçado pela ação humana e é necessário adotar medidas efetivas para sua preservação e recuperação.

Conheça 27 Curiosidades sobre a Mata Atlântica

1 – Ocupação Geográfica nos Estados

Mapa da Mata Atlântica.

A Mata Atlântica cobre cerca de 13% do território brasileiro e anteriormente se estendia ao longo de uma zona costeira que ia desde o Piauí até o Rio Grande do Sul.

A Mata Atlântica está presente em 17 estados brasileiros, sendo eles: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

2 – Reserva Biológica de Una

Curiosidades sobre a Mata Atlântica: Reserva Biológica de Una
Reserva Biológica de Una. Foto: Márcio Shigueaki I

A região da Reserva Biológica de Una, no sul da Bahia, abriga a maior diversidade de árvores do mundo, com 450 espécies diferentes num só hectare de floresta.

3 – Parque Nacional de Itatiaia

Curiosidades sobre a Mata Atlântica: Parque Nacional de Itatiaia
Parque Nacional de Itatiaia. Foto: Gabrielrvallim (wikipedia)

O primeiro parque nacional brasileiro, o Parque Nacional de Itatiaia, foi criado em uma área de Mata Atlântica, em 14 de junho de 1937. O parque abriga 360 espécies de aves e 67 espécies de mamíferos.

4 – Passeio de Trem de Curitiba a Morretes

Passeio de trem de Curitiba a Morretes
Passeio de Trem de Curitiba a Morretes

O passeio de trem mais bonito do Brasil é o de Curitiba a Morretes pela Serra do Mar Paranaense na Mata Atlântica, que é também um dos 10 melhores passeios de trem do mundo.

5 – Pedra da Gávea

Passeios Imperdíveis no Rio de Janeiro: Pedra do Telégrafo.
Pedra da Gávea.

A Pedra da Gávea no Rio de Janeiro, conhecida como a cabeça do imperador, é o maior bloco monolítico à beira mar do mundo, a 842 m acima do mar.

6 – Parque Nacional da Serra da Bocaina

Trilha do Ouro, Serra da Bocaina
Cachoeira do Veado na Serra da Bocaina, eleita a mais bela cachoeira do Estado de São Paulo.

O Parque Nacional da Serra da Bocaina, por sua dimensão e grande variação de altitude, apresenta variadas paisagens e diversos atrativos naturais, além da riqueza de flora e fauna, típica da Mata Atlântica. É reconhecido como Patrimônio Cultural e Mundial pela UNESCO.

A Travessia Trilha do Ouro é a travessia mais famosa do Parque Nacional da Serra da Bocaina.

7 – Fauna e Flora

curiosidades sobre a Mata Atlântica: Fauna e Flora.
Fauna e Flora. Foto: Ravel Zorzal.

Vivem na Mata Atlântica, cerca de 20 mil espécies de plantas e 2 mil espécies de animais (sem contar insetos e aracnídeos).

8 – Povos Indígenas

Curiosidades
Povos Indígenas na Mata Atlântica. Foto: Pedro Stropasolas

Muitos povos indígenas ainda habitam a região da Mata Atlântica, como Kaingang, Terena, Potiguara, Kadiweu, Pataxó, Krenak, Guarani, Caiová e Tupiniquim.

9 – Proteção

Curiosidades sobre a Mata Atlântica
Curiosidades sobre a Mata Atlântica.

A vegetação da Mata Atlântica também é responsável pela proteção de encostas contra a erosão e deslizamento de terras.

10 – Parque Trianon

Curiosidades sobre a Mata Atlântica: Parque Trianon
Parque Trianon. Foto: Cida Souza

Em plena Avenida Paulista, uma das avenidas mais movimentadas do mundo, ainda resta um trecho de Mata Atlântica nativa, o Parque Trianon.

11 – Desmatamento

Desmatamento Mata Atlântica. Foto: Divulgação.

A Mata Atlântica já cobriu cerca de 12% do território nacional. Hoje, restam apenas cerca de 7% da cobertura original da Mata.

12 – Caverna Gruta da Casa de Pedra

Núcleo Casa de Pedra e a caverna com o maior pórtico do mundo
Caverna com o maior pórtico do mundo.

A Gruta da Casa de Pedra, localizada no Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR) em São Paulo, possui um portal de aproximadamente 216 metros de altura, sendo considerada a caverna com o maior pórtico do mundo, segundo o Guinness Book.

13 – Bacias Hidrográficas

Bacias Hidrográficas
Bacias Hidrográficas

A Mata Atlântica é o lar de sete das nove maiores bacias hidrográficas do Brasil. Algumas dessas bacias incluem: Paraná, Uruguai, Paraíba do Sul, Doce, Jequitinhonha e São Francisco.

14 – Hotspot

Mata Atlântica. Foto: Tales Azzi

A Mata Atlântica é uma região do planeta considerada hotspot, o que significa que é um local de grande diversidade biológica, mas que enfrenta sérias ameaças.

15 – Ocupação Populacional

Floresta da Tijuca no Rio de Janeiro.

De acordo com informações do IBGE, cerca de 72% da população brasileira reside na região da Mata Atlântica.

16 – Ilha do Cardoso

Curiosidades sobre a Mata Atlântica. Ilha do Cardoso.

A Ilha do Cardoso, localizada na Mata Atlântica, é um patrimônio natural e histórico-cultural da humanidade pela UNESCO desde 1962. Com 90% de sua área coberta por mata preservada, oferece turismo de natureza, além de passeios pelas ruínas do período colonial e sítios arqueológicos.

17 – Mico-Leão-Dourado

Curiosidades sobre a Mata Atlântica: Mico-leão-dourado.
Curiosidades sobre a Mata Atlântica. Mico-leão-dourado. Foto: Getty

O Mico-leão-dourado, símbolo da Mata Atlântica. A espécie quase foi extinta na década de 1980, porém iniciativas como a reintrodução de indivíduos criados em cativeiro permitiram a sobrevivência da espécie.

18 – Erva Mate

Erva Mate. Foto: Site Mata Nativa

A erva-mate é um produto da Mata Atlântica que emprega cerca de 700 mil pessoas, diretamente e indiretamente, e é produzida principalmente no Rio Grande do Sul. Com 95% da produção nacional concentrada no estado, a produção da erva-mate é responsável por envolver mais de 166 mil propriedades rurais no país.

19 – Mosteiro Zen Morro da Vargem

Grande Buda de Ibiraçu
19 – Mosteiro Zen Morro da Vargem. Foto: Divulgação.

O Mosteiro Zen Morro da Vargem é o primeiro mosteiro zen-budista da América Latina, localizado em Ibiraçu, Espírito Santo. É o maior mosteiro da região e abrange uma área de 150 hectares, com 140 hectares destinados à preservação e reflorestamento da Mata Atlântica. A entrada do mosteiro conta com a estátua do Grande Buda de Ibiraçu, o segundo maior do mundo. Os visitantes podem percorrer trilhas pela Mata Atlântica durante a visitação, já que o mosteiro fica localizado em uma reserva dessa floresta.

20 – Ilha do Mel

Praia de Fora na Ilha de Mel.
Praia de Fora.

A Ilha do Mel é um local preservado localizado na Baia de Paranaguá, no Paraná. Declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO, a ilha é administrada pelo Parque Estadual e Estação Ecológica da Ilha do Mel. Sem ruas ou estradas, a locomoção é feita a pé ou de bicicleta. Com opções para todos os tipos de turistas, a ilha é um verdadeiro paraíso paradisíaco.

21 – Maior Floresta Urbana do Mundo

Curiosidades sobre a Mata Atlântica: Parque da Pedra Branca.
Curiosidades sobre a Mata Atlântica: Pedra do Osso. Foto: Divulgação.

O Parque da Pedra Branca, localizado no Rio de Janeiro, é a maior floresta urbana do mundo, possuindo uma área quase três vezes maior que a Floresta da Tijuca. A região é parte da bela Mata Atlântica.

22 – Ilha mais perigoso do Mundo

Ilha da Queimada Grande. Foto: João Marcos Rosa Gabriel Schulz

A Ilha da Queimada Grande, ou Ilha das Cobras, localizada entre Itanhaém e Peruíbe, a 35 km do litoral de São Paulo, é famosa por abrigar uma grande quantidade de serpentes, cerca de 2 mil, sendo considerada o maior serpentário natural do mundo.

23 – Instituto Ricardo Brennand

Instituto Ricardo Brennand.
Instituto Ricardo Brennand. Foto: Divulgação.

Localizado em Recife, Pernambuco, o Instituto Ricardo Brennand é um museu sem fins lucrativos considerado o melhor do Brasil. Sua área ocupa cerca de 77 mil m² de Mata Atlântica preservada, cercada por jardins com espelhos d’água, esculturas em mármore e um portal francês. O instituto oferece passeios cercados por palmeiras imperiais e a possibilidade de observar diversas espécies de animais, incluindo aves exóticas, cisnes, patos, flamingos e gansos.

24 – A maior queda longitudinal do mundo

O Salto do Yucumã é a maior cachoeira em extensão do mundo
O Salto do Yucumã é a maior cachoeira em extensão do mundo.

O Parque Estadual do Turvo é uma grande reserva de Mata Atlântica com mais de 17 mil hectares, que serve como um refúgio para diversas plantas e animais em risco de extinção. Além disso, o parque é o lar do Salto do Yucumã, que possui a maior queda longitudinal do mundo com 1.800 metros de extensão.

25 – Cataratas do Iguaçu

Foz do Iguaçu vista do lado Brasileiro.

As Cataratas do Iguaçu é conhecida mundialmente pelo conjunto de 275 quedas d’água que formam uma paisagem de beleza única em meio a Mata Atlântica. UNESCO Declarado como Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, é também uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo.

26 – Único fiorde tropical do mundo

O Saco de Mamanguá, em Paraty, é o único fiorde do Brasil.
O Saco de Mamanguá, em Paraty, é o único fiorde tropical do mundo.

O Saco do Mamanguá é um fiorde tropical do mundo, constituído por grandes vales rochosos que são inundados pelo mar. É uma das principais atrações turísticas de Paraty e possui uma extensão de aproximadamente 8 quilômetros, culminando no manguezal da Baía da Ilha Grande.

27 – Importância da Mata Atlântica

curiosidades sobre a Mata Atlântica: Praias

A Mata Atlântica é vital por fornecer recursos naturais, como água e madeira, além de matérias-primas para medicamentos e alimentos. É uma zona de grande biodiversidade de espécies, muitas delas endêmicas, fundamental para a manutenção do equilíbrio ecológico e ambiental. Além disso, auxilia na regulação climática, com a formação de umidade e pluviosidade necessárias para atividades humanas, como a agropecuária.

Conclusão

A Mata Atlântica é um patrimônio natural brasileiro de extrema importância para a preservação da biodiversidade e equilíbrio ecológico. Além disso, é uma fonte de recursos naturais e ambientais que contribuem para o desenvolvimento humano e econômico do país. Entretanto, é necessário que haja um esforço contínuo de preservação e conservação dessa floresta, visando sua sustentabilidade, turismo e garantindo que as gerações futuras possam desfrutar de seus benefícios.

A preservação da Mata Atlântica é um compromisso não só com a natureza, mas com a qualidade de vida da população e o futuro do planeta.

COMPARTILHE:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, concorda com a utilização de TODOS os cookies.