O que fazer na Ilha de Marajó em Soure?

Detentora do título de maior ilha flúvio-marinha do mundo, a Ilha de Marajó (PA) conta com belas praias de água doce e um dos santuários ecológicos mais belos do Brasil. Confira o que fazer na Ilha de Marajó em Soure.

A Ilha de Marajó (PA) impressiona desde o momento do desembarque. Localizada a três horas de barco de Belém, capital paraense, a gigante marajoara é considerada a maior ilha flúvio-marítima do mundo e também possui maior arquipélago flúvio-marítimo do mundo por ser banhada pelo oceano Atlântico e pelos rios Amazonas e Tocantins.

Mapa da Ilha de Marajó Mapa da Ilha de Marajó.

Turismo de Natureza: Ilha de Marajó – Soure

Com mais de 250 mil habitantes espalhados por 16 municípios, sendo Soure e Salvaterra os de maior apelo turístico, o arquipélago de Marajó é um convite para diferentes perfis de viajantes, em especial os amantes da natureza.

E entre apresentações de carimbó, comidinhas deliciosas e cerpas geladas – cerveja típica paraense – uma particularidade da região chama a atenção: os búfalos.

Búfalos na Ilha de Marajó O Marajó possui o maior rebanho de búfalos do Brasil.

Dizem que esses imponentes animais apareceram na Ilha de Marajó há muitos anos, após o naufrágio de um navio francês que os transportava da Indochina. O acidente, por sua vez, foi de grande serventia para os moradores, pois o animal logo se tornou peça fundamental no funcionamento da comunidade (agropecuária e turismo). Atualmente, o local abriga a maior criação de búfalos do Brasil.

Então, vamos aos atrativos deste “pedação” da Amazônia?



Confira o que fazer na Ilha de Marajó em Soure

Soure

Antes de mais nada, não há como falar sobre o que fazer na Ilha de Marajó sem citar sua “capital”, Soure. O município abriga a maior parte da rede hoteleira e das atrações da região. É lá, por exemplo, que ficam as fazendas São Jerônimo, Bom Jesus e Araruna, três dos atrativos mais procurados do arquipélago. Além disso, é em Soure que ficam as praias mais famosas de toda a ilha: Barra Velha e Pesqueiro. Resumindo? Não dá para não ir!

Cidade de Soure na Ilha de Marajó. Centro da cidade de Soure na Ilha de Marajó.

O que Fazer na Ilha de Marajó em Soure: Praias

Praia do Pesqueiro

O que fazer na Ilha de Marajó em Soure. Visite a Praia do Pesqueiro Praia do Pesqueiro, a Praia mais famosa de Soure.

Praia do Pesqueiro.

Você quer belezas naturais e atrativos imperdíveis em um único lugar, @? Acabou de achar! Localizada no município de Soure, a Praia do Pesqueiro é uma das mais famosas da Ilha de Marajó. Banhada por águas cristalinas e salobras – mistura de água doce e água salgada –, essa praia recebe um grande número de turistas anualmente. Além da beleza indiscutível, os viajantes desembarcam na Praia do Pesqueiro atraídos por passeios de búfalo, caminhar em suas longas faixa de areias, admirar as paisagens da praia em uma rede de uma maloca, saborear a gastronomia marajoara e muito mais!

Praia do Céu

Praia do Céu no Marajó A paradisíaca Praia do Céu.
 

Perto da Vila de Pescadores, a 10 ou 15 minutos de barco, você chegará a paradisíaca Praia do Céu, quase isolada, essa extensa praia é ideal para caminhar e admirar a paisagem com tranquilidade. Aliás seguindo por ela você chegará até a Praia do Caju-una.



Praia do Caju-Una

Praia do Caju-una em Soure, no Marajó. Praia do Caju-una.

Tentar descrever a Praia do Caju-Una é uma missão quase impossível, sua principal marca são os seus coqueirais que a embelezam ainda mais. O local é perfeito para entrar em contato direto com a natureza e também para passear pela comunidade local que vivem próxima dali.

Praia da Barra Velha

Praia da Velha em Soure no Marajó Praia da Velha, a Praia mais próxima do Centro de Soure.
 

Sobre o que fazer na ilha de Marajó, a Praia da Barra Velha é parada obrigatória. Com um visual único graças as árvores de mangue presentes em toda sua extensão, além de uma boa infraestrutura que engloba bares e restaurantes de comida típica paraense, essa praia é perfeita para relaxar, dessa forma não deixe de coloca-la no seu roteiro.

O que Fazer na Ilha de Marajó em Soure: Fazendas

Fazenda São Jerônimo

Viste a Fazenda São Jerônimo, um dos passeios turísticos mais famosos em Soure. A Fazenda São Jerônimo.
 

Visitar a Ilha de Marajó e não conhecer a Fazenda São Jerônimo é o mesmo que não visitar a ilha. O local tornou-se um dos atrativos mais cobiçados de todo o arquipélago após ter servido de cenário para o extinto programa “No Limite”, da Rede Globo. Desde então, os proprietários investiram em infraestrutura e transformam a fazenda em um destino voltado ao ecoturismo. A fazenda também serviu de cenário para a novela Amor Eterno Amor, desta mesma emissora.

O tour pela propriedade começa com um passeio de búfalo dentro de um mangue. Em seguida, o visitante faz uma trilha (tranquila) sobre uma extensa ponte de madeira e bambu até chegar a Praia do Goiabal (cenário de “No Limite”). A volta é feita de canoa, tem duração de duas horas e encerra o passeio.

Ah! Também é possível cavalgar na praia ou fazer travessia do rio sobre búfalos. Veja qual atrativo tem mais a ver com seu estilo e curta a fazenda o máximo possível!

Nota: Nós do Blog Turismo de Natureza somos contra a exploração de animais para fins comercias, no entanto certificamos que os búfalos que trabalham nesta fazenda não recebem maus-tratos e que trabalham pouquíssimas vezes por dia. Portanto ficará a seu critério em fazer ou não o passeio de búfalo.



Fazenda Bom Jesus

Fazenda Bom Jesus na Ilha de Marajó em Soure Fazenda Bom Jesus. Para quem gosta de fazer trilhas e um bom lugar para observar a fauna marajoara. Foto: Jedilson Figueiredo.
 

Sobre o que fazer na Ilha de Marajó, podemos definir a Fazenda Bom Jesus como sendo uma típica fazenda marajoara. Bastante visitada pelos turistas que desembarcam na região, o local abriga uma vegetação densa e preservada, mangues e uma área de campo. Aqui, o turismo foi tomando forma através de atividades como criação de búfalos, cavalos e o extrativismo. Não deixe de contemplar o pôr do sol desse lugar ao final da trilha que a Fazenda proporciona, bem como a revoada de pássaros. É indescritível!

Fazenda Mironga

Fazenda Mironga no Marajó Fazenda Mironga. Um lugar para saborear a gastronomia do Marajó.
 

Um passeio alternativo sobre o que fazer na Ilha do Marajó é visitar a Fazenda Mironga. Está não oferece passeios turísticos como as demais citadas. Porém, poderá entrar nela gratuitamente para passear, degustar e comprar as delícias gastronômicas que só a Fazenda Mironga disponibiliza. Seus principais produtos são: Queijo do Marajó, doce de leite, manteiga do Marajó, tudo a base do leite de búfala.

Em suma, está linda Fazenda é um ótimo local para passear e provar as delícias gastronômicas marajoaras. Sua decoração é muito apreciada por seus visitantes e muito bem quista para os amantes do instagram.



Fazenda Sanjo

Fazenda Sanjo na Ilha de Marajó em Soure.
Fazenda Sanjo. Foto:@marajofazendasanjo.
 

Ainda não muito conhecida, a Fazenda Sanjo proporciona um ótimo programa para os amantes de ecoturismo, suas principais atrações são os passeios ecológicos a cavalo e também os passeios de barco para observação da flora e fauna marajoara. Embora este destino seja o mais afastado do centro de Soure, vale muito a pena conhecê-lo.

O que Fazer na Ilha de Marajó em Soure: Passeios de Barcos

Furo do Miguelão

O que fazer na Ilha de Marajó em Soure. Passeio de barco pelo Furo do Miguelão. Passeio de barco pelo Furo do Miguelão.
 

Se você pretende ter um contato íntimo com a natureza, aí vai nossa dica: Furo do Miguelão. O passeio consiste em um verdadeiro mergulho na quietude de mangues e florestas de igapós. Acompanhados por um guia, os turistas têm a oportunidade única de observar macacos guariba, macacos de cheiro, preguiças, além de muitas espécies de pássaro.

Há algumas agências de turismo e pescadores locais que organizam estes tipos de passeios em barcos. Posteriormente confira Em Roteiros para se fazer na Ilha de Marajó para mais detalhes.

Furo do Garrote

Passeio de barco pelo Furo do Garrote em Soure. Passeio de barco pelo Furo do Garrote. Ao fundo o farol de Soure e alguns guarás no meio do caminho.
 

O Furo do Garrote é um passeio que vai mais contornando as margens de Soure. Na direção oposta ao Furo do Miguelão, passando pelo Farol de Soure, pela praia quase deserta do Garrote e por fim adentrando pelas matas fechadas dos igarapés.



Furo do Volta e Furo do Céu

Passeio de barco na ilha de marajó em Soure. Passeio pelo Furo do Volta e Furo do Céu. 2 passeios em 1. Passeio pelo Furo do Volta e Furo do Céu.
 

Este passeio parte da Vila do Pesqueiro, são realizados 2 passeios em 1, visto que os furos são conectados. Portanto se você tem a intenção de conhecer a Praia do Céu e do Cajú-Una, a dica é fazer este passeio antes, pois poderá desembarca na Praia do Céu e de lá poderá conhecer as praias andando. Normalmente os passeios ocorrem pela manhã bem cedo devido a maré está baixa , caso contrate um pescador para fazer o passeio, basta informar a ele o horário de retorno para te buscar no mesmo local que fez o desembarque.

Ateliê Arte Mangue Marajó

Conheça os artesanatos marajoaras no Ateliê Arte Mangue Marajó em Soure.Conheça os artesanatos marajoaras no Ateliê Arte Mangue Marajó em Soure. Conheça os artesanatos marajoaras no Ateliê Arte Mangue Marajó em Soure.
 

E por fim, conhecer o Ateliê Arte Mangue Marajó, do Ronaldo Guedes, que é imprescindível para os apreciadores de artesanato. No espaço, além de o artista expor e vender suas peças, ele ainda oferece aulas para confeccionar peças de cerâmica. Um trabalho minucioso, detalhista e muito caprichado! Peças lindas!

Considerações Finais

O que achou dos passeios sobre o que fazer na Ilha de Marajó? Já visitou ou pretende conhece-lo? Es-pe-ta-cu-lar, não é? Nesse sentido é um destino que não pode faltar em um Turismo de Natureza.

Confira roteiros de 1 a 5 dias para se fazer em Soure.

Aproveite para fazer uma aquela propaganda marota aos seus amigos e familiares sobre destinos pouco explorados turisticamente. O Brasil é repleto de lugares tão ou mais exóticos quanto a Ilha de Marajó. Por isso aproveite o que o nosso país tem de melhor!