Rota Ecológica dos Milagres
Rota Ecológica dos Milagres

O que fazer na Rota Ecológica dos Milagres

A Rota Ecológica dos Milagres é um verdadeiro tesouro na costa norte de Alagoas, destacando-se como um dos destinos mais deslumbrantes do Brasil. Se você busca praias paradisíacas, natureza exuberante e um refúgio longe do estresse cotidiano, este é o roteiro perfeito para você.

Localizada na região conhecida como Costa dos Corais, a Rota Ecológica abrange pequenas vilas de pescadores e oferece um clima único, repleto de tranquilidade e charme. Ao longo de cerca de 40 km, essa região encanta os visitantes com suas praias deslumbrantes, piscinas naturais e pontos turísticos históricos.

A Rota Ecológica oferece diversas opções para explorar e relaxar. Praias deslumbrantes como a Praia do Patacho, Praia da Lage, Porto de Pedras e a Praia do Toque são apenas algumas das joias que compõem esse itinerário. Além disso, você terá a oportunidade de conhecer Japaratinga e o rio Tatuamunha, onde dezenas de peixes-bois vivem em seu habitat natural.

Então, se você busca um refúgio onde possa desfrutar do mar longe das multidões, a Rota Ecológica dos Milagres é o destino ideal. Aqui, você encontrará praias paradisíacas, natureza exuberante e momentos de tranquilidade que ficarão gravados na memória. Prepare-se para vivenciar uma experiência única em um verdadeiro paraíso ecológico do Ecoturismo de Alagoas.

ÍNDICE:

O que fazer na Rota Ecológica dos Milagres – Paraíso Alagoano

A Rota Ecológica dos Milagres vai além de São Miguel dos Milagres. Na verdade, ela abrange três municípios do estado de Alagoas: Passo de Camaragibe, São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras. Cada um desses lugares possui seus próprios encantos e atrativos, confira suas principais atrações.

1- Porto de Pedras

Descubra Porto de Pedras na Rota Ecológica dos Milagres, um destino encantador com praias deslumbrantes e um santuário para preservação dos peixes-bois. Aproveite as maravilhosas Praias do Patacho e de Lages, faça um passeio pelas piscinas naturais e desfrute da natureza em sua plenitude.

1.1 – Praia do Patacho

Rota Ecológica dos Milagres: Praia do Patacho.
Praia do Patacho. Foto: Lucas Meneses/Sedetur.

Descubra a tranquilidade e beleza da Praia do Patacho em Porto de Pedras, uma joia pouco explorada no turismo. Durante a maré baixa, você pode caminhar até as incríveis piscinas naturais e desfrutar de uma vista deslumbrante. Vale lembrar que a praia não possui estrutura de bares ou barracas, portanto, é recomendado levar suas próprias bebidas e lanches.

1.2 – Praia de Lages

Rota Ecológica dos Milagres: Praia de Lages.
Praia de Lages. Foto: brspled (flickr)

Com seu formato de meia lua e cenário exuberante, a Praia de Lages encanta com sua beleza natural e abundante vegetação. Para aqueles que procuram uma praia com infraestrutura, essa é uma excelente opção, pois conta com restaurantes e pousadas que proporcionam conforto e comodidade aos visitantes.

1.3 – Santuário Peixe-Boi

Rota Ecológica dos Milagres: Santuário do peixe-boi recebe.
Santuário do peixe-boi recebe. Foto: Assessoria Setur

Descubra o encantador Santuário Peixe-Boi no Rio Tatuamunha em Porto de Pedras, um destino imperdível para os amantes da natureza. O projeto foi desenvolvido para preservar essa espécie de mamífero marinho que é comum nas águas do Rio Tatuamunha, proporcionando uma oportunidade única de observar de perto esses magníficos animais.

Realizando um passeio de jangada pelo rio, os visitantes têm a chance não só de avistar os peixes-boi, mas também de aprender sobre a história local e o cuidado com esses animais em extinção. O Santuário Peixe-Boi também desempenha um importante papel na educação ambiental, conscientizando não apenas os turistas, mas também a comunidade local sobre a importância da preservação do meio ambiente.

2 – São Miguel dos Milagres

São Miguel dos Milagres, também conhecida como Milagres, é uma encantadora cidade que atrai visitantes não apenas pela sua simplicidade, mas também por suas deslumbrantes belezas naturais. A paisagem é composta por coqueirais, restaurantes aconchegantes e ótimas pousadas, além de abrigar algumas das melhores praias da região. Situada em uma área de preservação ambiental, a cidade é cercada por uma exuberante área verde, tornando-se um destino ideal para os amantes da natureza.

Planeje sua viagem para São Miguel dos Milagres e aproveite tudo o que esse destino encantador tem a oferecer. Seja para relaxar à beira-mar, se aventurar em atividades ao ar livre ou simplesmente apreciar a tranquilidade, essa cidade litorânea promete surpreender e encantar seus visitantes.

2.1 – Praia de Porto da Rua

São Miguel dos Milagres: Porto da Rua.
Porto da Rua Foto: Shutterstock

Descubra a beleza da Praia do Toque em São Miguel dos Milagres. Com seu mar verde e cristalino, destaca-se pelos passeios de jangada até as piscinas naturais. Aproveite a transparência das águas para observar os peixes e mergulhe com snorkel para uma experiência única.

2.2 – Praia de São Miguel

Praia de São Miguel dos Milagres. Foto: Divulgação.
Praia de São Miguel dos Milagres.

A Praia de São Miguel dos Milagres, que deu nome à região, encanta com sua paisagem exuberante. Cercada por coqueiros e com bancos de areia que surgem durante a maré baixa, essa praia oferece águas calmas e rasas. Os visitantes podem desfrutar de passeios de jangada até as piscinas naturais ou passar o dia nos quiosques simples à beira-mar. A beleza da praia se transforma durante a maré baixa, revelando um cenário único e encantador. Os bancos de areia são um verdadeiro deleite.

Como uma das principais praias da região, São Miguel dos Milagres recebe muitos turistas, mas isso não compromete a tranquilidade do local. Além disso, a praia oferece uma excelente estrutura com barracas e restaurantes, proporcionando conforto aos visitantes.

2.3 – Praia do Riacho

Praia do Riacho. Foto: Shutterstock.
Praia do Riacho. Foto: Shutterstock.

A Praia do Riacho encanta com suas águas que variam do azul ao verde. Com a presença de recifes de corais e piscinas naturais na maré baixa, especialmente durante a manhã, os visitantes têm a oportunidade de admirar peixes coloridos, crustáceos e vegetação marinha. Essa praia é menos frequentada por turistas, apesar de ter um acesso fácil partindo da comunidade de Riacho.

A paisagem da Praia do Riacho é simplesmente maravilhosa, com coqueiros que cercam todo o lugar, proporcionando um ar especial a esse paraíso. É perfeita para caminhadas nas areias amareladas e macias, além de ser um lugar incrível para nadar e mergulhar nas águas paradisíacas do mar.

A Praia do Riacho também oferece uma boa estrutura de bares, com cadeiras, mesas e guarda-sóis, além de pousadas para aqueles que desejam prolongar sua estadia e aproveitar ainda mais desse encantador destino.

3 – Passo de Camaragibe

Passo de Camaragibe encanta os visitantes com suas praias de areias claras e coqueirais. O encontro do mar com o Rio Camaragibe torna a visita a esse município ainda mais especial. É um destino essencial para os amantes do turismo de natureza, pois oferece um ecossistema diversificado, com rios, lagoas e manguezais.

Além do mar exuberante, a região de Passo de Camaragibe é caracterizada por morros e penhascos que proporcionam paisagens únicas. O Rio Camaragibe, com seus manguezais e águas calmas, proporciona a opção de banho em água doce. Próximo à foz, formam-se belas piscinas naturais, enquanto na praia, com seus recifes e corais, é possível desfrutar de um refrescante mergulho no mar.

3.1 – Barra de Camaragibe

Barra do Camaragibe. Foto: @vilaentrechaves

Barra de Camaragibe é uma das praias paradisíacas do litoral de Alagoas, situada na encantadora Costa dos Corais, entre Maceió e Recife. Essa praia é um verdadeiro paraíso, com um cenário perfeito onde o Rio Camaragibe deságua em um mar de areias e águas claras, cercado por exuberantes coqueirais.

As águas cristalinas de Barra de Camaragibe são como uma piscina intocada, oferecendo um local perfeito para desfrutar de um mergulho refrescante. Além disso, o mar calmo é ideal para a prática de esportes aquáticos, como stand up paddle.

3.2 – Praia do Marceneiro

Praia do Marceneiro.
Praia do Marceneiro. Foto: Divulgação.

A Praia do Marceneiro é um pequeno paraíso situado no começo da Rota Ecológica dos Milagres, em Passo de Camaragibe. Com suas águas cristalinas maravilhosas, essa praia é um refúgio para quem busca paz e tranquilidade em uma praia praticamente deserta no litoral norte do estado.

Além de sua beleza natural, a Praia do Marceneiro oferece uma boa estrutura de barracas e proporciona a oportunidade de realizar passeios de bicicleta e buggy. A praia também é um ponto de partida para uma bela caminhada até a Praia do Riacho.

Seja você um viajante solo, esteja em família, casal ou amigos, reserve pelo menos um dia para desfrutar da Praia do Marceneiro. É um lugar perfeito para relaxar, aproveitar as águas cristalinas e apreciar a serenidade desse destino especial.

3.3 – Praia dos Morros

Praia dos Morros. Foto: Divulgação.

A Praia dos Morros é um verdadeiro refúgio em terras alagoanas, localizada no município de Passo de Camaragibe e fazendo parte da Rota Ecológica dos Milagres. Com suas ondas e falésias, essa praia é praticamente deserta e oferece uma experiência única para os visitantes em busca de tranquilidade.

O acesso à Praia dos Morros é feito por meio de uma travessia de canoa pelo Rio Camaragibe. Os barquinhos partem de Barra de Camaragibe, onde é possível deixar o carro estacionado no estacionamento do bar à beira-mar. É recomendado levar água e lanche, caso deseje caminhar até as falésias (aproximadamente 40 minutos) ou passar o dia nesse cenário paradisíaco. Vale ressaltar que não há estrutura de barracas na praia, proporcionando uma experiência mais autêntica e próxima à natureza.

Rota Ecológica dos Milagres – Marés

Rota Ecológica dos Milagres: Entenda o Funcionamento das Marés

As marés na Rota Ecológica dos Milagres são influenciadas diretamente pela força gravitacional exercida pelo Sol e pela Lua sobre a Terra. Os especialistas baseiam-se na proximidade desses corpos celestes para calcular a altura das marés.

Durante as fases de lua cheia e lua nova, ocorrem as marés baixas, enquanto nas fases crescente e minguante as marés são mais estáveis, sem variações significativas. Nessas fases, a maré não atinge níveis suficientemente baixos para permitir a visitação das piscinas naturais, por exemplo.

É importante ressaltar que as marés possuem picos baixos e altos a cada seis horas, o que significa que em um mesmo dia sempre haverá dois horários de maré baixa e dois horários de maré alta.

É durante o pico da maré baixa que ocorrem os passeios às piscinas naturais e a formação dos belos bancos de areia nas praias de Alagoas.

Entender o funcionamento das marés é essencial para aproveitar ao máximo as belezas naturais da Rota Ecológica dos Milagres. Fique atento aos horários das marés baixas para desfrutar dos passeios e contemplar as maravilhas que se revelam durante esse período. Aproveite as oportunidades únicas que as marés proporcionam para explorar as piscinas naturais e apreciar os bancos de areia que surgem nas praias dessa região encantadora.

Rota Ecológica dos Milagres: Como Saber a Altura da Maré?

Para aproveitar ao máximo os encantos da Rota Ecológica dos Milagres, é importante saber a altura da maré antes de planejar os passeios. Felizmente, existem diversos sites na internet que divulgam as tábuas de maré para todos os meses do ano, utilizando as previsões da Marinha Brasileira.

Recomendamos a consulta ao site www.maragogialagoas.com, que disponibiliza uma tabela completa com os horários e níveis da maré. Fique atento à legenda, que indica os horários propícios ou não para os passeios às piscinas naturais. Apesar deste site informar sobre Maragogi, ele também serve como base a Rota Ecológica dos Milagres.

As tábuas de maré são divulgadas no final do ano anterior, então antes de planejar sua viagem, escolha uma semana com maré baixa e consulte detalhadamente a tabela para aproveitar as praias e piscinas naturais no auge de sua beleza.

Quando Visitar a Rota Ecológica dos Milagres: Melhores Meses para Viajar

Ao planejar sua visita à Rota Ecológica dos Milagres, é importante considerar a época mais adequada para desfrutar das melhores condições climáticas. Embora o nordeste do Brasil seja conhecido por seu clima quente durante todo o ano, há uma estação chuvosa que ocorre de abril a agosto nesta região. Durante esse período, pode haver mais precipitação e a água do mar pode ficar levemente turva.

Para aproveitar o céu azul e o mar claro e limpo, os melhores meses para visitar a região são de setembro a março. Nesse período, as chances de encontrar um clima ensolarado e águas cristalinas são bastante favoráveis.

Durante o período das férias (dezembro e janeiro), a região pode ficar um pouco mais cheio que o normal, mas nada que comparado a outros lugares do Nordeste.

Conclusão

A Rota Ecológica dos Milagres, localizada no litoral norte de Alagoas, é um destino encantador repleto de praias paradisíacas e natureza exuberante. Com águas cristalinas, areias brancas e coqueirais, essa região oferece um refúgio de paz e tranquilidade. As piscinas naturais formadas durante a maré baixa são perfeitas para mergulho e snorkel. Além disso, a preservação ambiental é prioridade, com projetos como o Santuário Peixe-Boi em Tatuamunha. A Rota Ecológica também proporciona uma rica experiência cultural, com a hospitalidade do povo alagoano e a gastronomia local. Prepare-se para se encantar com paisagens deslumbrantes e vivenciar momentos únicos nesse paraíso preservado.

COMPARTILHE:

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, concorda com a utilização de TODOS os cookies.