Núcleo Ouro Grosso – PETAR – Ecoturismo

O Núcleo Ouro Grosso fica localizado próximo à comunidade do Bairro da Serra. Este núcleo serve como base para todos os visitantes do PETAR, pois aqui está reunido os alojamentos para escolas públicas, postos de controle, cozinha, auditório, sanitários, entre outros aparelhos que servem como base para a realização de cursos, eventos e reuniões da própria comunidade.

Confira as Principais atrações turísticas do Núcleo Ouro Grosso

A Caverna do Ouro Grosso

Caverna do Ouro Grosso
Caverna do Ouro Grosso. Foto: Daniel Menin.

Com cerca de 1100 metros de extensão,  apenas 200 metros estão disponíveis para visitação. De todas as cavernas do PETAR, esta é a que vai exigir maior coragem e contorcionismo de seus visitantes.

Leva-se em média 2 horas para conhecê-la por um difícil trajeto repleto de cachoeiras, poços e piscinas naturais com águas profundas. Embora seja uma caverna desafiadora que exija auxílio dos monitores, ao final do trajeto, vale muito a pena.

Caverna do Alambari de Baixo

Caverna Alambari de Baixo. PETAR.
Núcleo Ouro Grosso: Caverna Alambari de Baixo. Foto: Divulgação.

A Caverna do Alambari de Baixo possui este nome devido ao Rio Alambari que penetra no seu interior. A caverna possui 890 metros de extensão e incríveis 32 metros de desnível, o que torna o trajeto bem difícil e desafiador. A caverna possui duas entradas, uma menor que permite atravessar o morro e uma outra maior, esta é sem saída.

Casa de Farinha

Casa da Farinha. Núcleo Ouro Grosso
Casa da Fainha. Foto: Divulgação.

A Casa de Farinha – Trata-se de um mini museu com peças de fabricação artesanal, que retrata como os escravos e antigos moradores da comunidade produziam farinha e produtos oriundos da mandioca através da agricultura de subsistência. É possível ver ferramentas bem rústicas que já duram alguns séculos.

Trilha da Figueira

Trilha da Figueira
Trilha da Figueira. Foto: Divulgação.

A Trilha da Figueira – A trilha tem em média 392 metros de extensão e tem esse nome, devido a uma gigantesca Figueira centenária, que conduz o visitante ao longo de toda a trilha até a entrada da caverna de Ouro Grosso.