O que fazer em Santo Antônio do Pinhal
O que fazer em Santo Antônio do Pinhal

O que fazer em Santo Antônio do Pinhal – Guia Completo

Santo Antônio do Pinhal é uma charmosa estância climática no Vale do Paraíba, próxima a Campos do Jordão, integrante do Circuito Turístico da Mantiqueira. Rodeada pela majestosa Serra de mesmo nome, oferece uma imersão única no ecoturismo com suas montanhas, picos, rios e vales deslumbrantes.

A cidade é famosa pela tradicional Festa do Pinhão, que acontece entre maio e agosto, destacando o fruto típico da região. Com uma atmosfera tranquila e preços mais acessíveis quando comparada a Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal é o refúgio perfeito para relaxar na Serra da Mantiqueira.

ÍNDICE

Roteiros em Santo Antônio do Pinhal

Santo Antônio do Pinhal oferece quatro roteiros turísticos distintos para atender a todos os tipos de viajantes. Vamos conhecer cada um deles:

  1. Roteiro Verde: Ao longo da Estrada do Lageado, você encontrará diversas atividades para relaxar e apreciar a arte local. Visite ateliers de arte, a Cachoeira do Lageado, o Recanto das Orquídeas e a Casa da Mata, onde cogumelos são produzidos.
  2. Roteiro Azul: Se você deseja conhecer mais sobre as produções locais, este é o roteiro ideal. Explore lojas que vendem cachaças e cervejas artesanais, cerâmicas, trutas frescas, doces e geleias típicas da região.
  3. Roteiro Vermelho: Os passeios mais próximos do centro da cidade estão reunidos neste roteiro. Descubra o encanto do Boulevard Araucária, visite a Praça do Artesão, desfrute do Jardim dos Pinhais e conheça a bela Igreja Matriz.
  4. Roteiro Marrom: Para os amantes de paisagens deslumbrantes, este roteiro inclui a visita ao famoso e procurado Pico Agudo, um dos pontos turísticos mais icônicos de Santo Antônio do Pinhal.

O que fazer em Santo Antônio do Pinhal – 14 Passeios imperdíveis

1 – Jardim dos Pinhais Ecco Parque

Santo Antônio do Pinhal: Jardim dos Pinhais Ecco Parque.
Jardim dos Pinhais Ecco Parque. Foto: Divulgação.

O Jardim dos Pinhais Ecco Parque é considerado o 1º parque de jardins temáticos do Brasil e oferece um circuito de 1200 metros, passando por oito magníficos jardins, incluindo o famoso jardim das bolhas. O passeio, que dura 40 minutos, proporciona vistas deslumbrantes da Serra da Mantiqueira. Os visitantes podem optar por fazer o percurso de forma autoguiada ou com guias que fornecem informações sobre o local e a vegetação.

O parque também oferece espaços para meditação, uma linda cascata, um sereno lago, um auditório ao ar livre, passeios de quadriciclo, um encantador orquidário e um quiosque para lanches e bebidas. O valor do ingresso é de R$ 40, sendo isento para crianças menores de 7 anos e aniversariantes.

Localizado na Av. Antônio J Oliveira, 2600, Santo Antônio do Pinhal, o horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, com fechamento às terças-feiras, das 9h às 17h, com saídas guiadas a cada 1 hora. Aos sábados, domingos e feriados, o horário se estende até às 18h, com saídas guiadas a cada 30 minutos.

2 – Cachoeira do Lageado

Cachoeira do Lageado.
Cachoeira do Lageado. Foto: Denizelucinda (wikimedia).

A Cachoeira do Lageado é um atrativo de fácil acesso, localizado a cerca de 7 km do centro de Pinhal, no bairro de mesmo nome. É a cachoeira mais visitada da região, oferecendo uma infraestrutura conveniente com banheiros, área de piquenique e trilhas disponíveis. A queda d’água forma uma pequena piscina natural com fundo de areia na base, ideal para um refrescante banho e contato direto com a natureza.

O horário de funcionamento é aos sábados, domingos e feriados, das 10h00 às 17h00, e é cobrada uma taxa de visitação no valor de R$10,00, com a proibição da entrada de bebidas.

3 –  Trilha do Cambraia

Santo Antônio do Pinhal: Trilha do Cambraia.
3 – Trilha do Cambraia. Foto: Ecovaletur

A Trilha do Cambraia em Santo Antônio do Pinhal possui uma extensão total de 8 km e é classificada como de nível médio. Ao longo do percurso, os visitantes podem desfrutar de belas paisagens da Serra da Mantiqueira, podendo avistar animais silvestres e, do ponto mais alto (1124m), contemplar a vista do famoso Pico Agudo. A trilha pode ser percorrida em aproximadamente 1h30, iniciando na estrada do Barreiro, no centro da cidade, e terminando na Sorveteria Eisland.

4 – Trilha do Zigue Zague

Trilha do Zigue Zague.
Trilha do Zigue Zague. Foto:TRattonF (Wikiloc).

A Trilha do Zigue Zague é uma das mais populares da região e requer um bom condicionamento físico. O trajeto mais fácil (descida) tem início próximo a Campos do Jordão, na SP 123, km 44. A trilha está localizada a uma altitude de 1600 metros e proporciona uma vista deslumbrante dos vales e montanhas da Serra da Mantiqueira, com riachos e nascentes ao longo do caminho. Ao término da caminhada, os visitantes podem aproveitar para visitar a encantadora Cachoeira do Lageado.

 5 – Estação Ferroviária Eugênio Lefévre

Santo Antônio do Pinhal: Estação Ferroviária Eugênio Lefévre.
Estação Ferroviária Eugênio Lefévre. Foto: Nancy Ayumi Kunihiro.

A Estação Ferroviária Eugênio Lefévre é um encantador ponto turístico em Santo Antônio do Pinhal, construído em 1916 e ainda preservado em seu prédio original. Antigamente, era a rota principal de acesso a Campos do Jordão, sendo a primeira parada do trem turístico vindo de Pindamonhangaba.

Embora não receba mais trens desde 2019, a estação permanece aberta para visitantes e oferece lojas de artesanato e uma cafeteria famosa por seus bolinhos de truta e bacalhau. Os trilhos ainda estão intactos, permitindo que os visitantes caminhem até o Mirante Nossa Senhora Auxiliadora, que proporciona vistas panorâmicas do vale e das montanhas.

Para chegar à estação, basta seguir pela Rodovia SP-046, na entrada de Santo Antônio do Pinhal, a apenas 4 km do centro da cidade.

6 – Mirante da Santa/Nossa Senhora da Auxiliadora

Mirante da Santa/Nossa Senhora da Auxiliadora.
Mirante da Santa/Nossa Senhora da Auxiliadora. Foto: Márcio Masulino

O Mirante da Nossa Senhora da Auxiliadora, está a 1161 metros de altitude e oferece uma vista panorâmica deslumbrante de todo o Vale do Paraíba, tornando a paisagem imperdível. O mirante também é conhecido por abrigar uma imagem de 3 metros da Nossa Senhora da Auxiliadora, que se tornou um dos cartões-postais da cidade.

O Mirante da Nossa Senhora da Auxiliadora fica apenas 100 metros da Estação Ferroviária Eugênio Lefévre, a entrada é gratuita e está aberto diariamente das 9h às 18h.

7 – Praça Boulevard Araucária

Praça Boulevard Araucária.
Praça Boulevard Araucária. Foto: @marcusantp

A Praça Boulevard Araucária é um encantador ponto de encontro em Santo Antônio do Pinhal. Localizada no coração do centro da cidade, a praça é o lugar perfeito para turistas e moradores se reunirem. Rodeada por diversos restaurantes, oferece também uma galeria com lojinhas e o famoso Armazém Divino, conhecido por vender produtos artesanais.

Além disso, a Praça Boulevard Araucária é palco de eventos locais, como apresentações natalinas e feirinhas de arte. A rodoviária da cidade fica próxima à praça, facilitando o acesso para quem chega de ônibus.

8 – Mirante do Cruzeiro

Santo Antônio do Pinhal: Mirante do Cruzeiro.
Mirante do Cruzeiro. Foto: Sergio Zeiger.

O Mirante do Cruzeiro em Santo Antônio do Pinhal é um lugar imperdível para desfrutar de uma vista panorâmica da cidade e das montanhas. Localizada próxima ao centro da cidade, a Praça com uma cruz oferece uma experiência única ao ar livre.

Para chegar ao Mirante do Cruzeiro, é recomendado ir de carro, pois o acesso é mais fácil dessa forma. Uma vez no local, os visitantes têm a opção de fazer uma caminhada por uma trilha arborizada e calçada de aproximadamente um quilômetro.

Com uma altitude de 1.100 metros, o mirante proporciona uma visão espetacular, destacando uma imponente cruz e uma praça ajardinada.

9 – Praça do Artesão

Santo Antônio do Pinhal: Praça do Artesão.
Praça do Artesão. Foto: Denize Lucinda

A encantadora Praça do Artesão em Santo Antônio do Pinhal é uma homenagem à colônia de imigrantes japoneses na região. Com um pórtico e uma ponte típica japonesa, o espaço é embelezado por cerejeiras que florescem no inverno, tornando-o ainda mais deslumbrante. Pequena e charmosa, a praça possui um tori japonês e um jardim com uma ponte oriental. Além de sua beleza, a praça abriga um palco central para diversos eventos, como festivais de música e a celebração do ano novo.

10 – Igreja Matriz de Santo Antônio de Pádua

Santo Antônio do Pinhal: Igreja Matriz de Santo Antônio de Pádua.
Igreja Matriz de Santo Antônio de Pádua. Foto: Divulgação.

A Igreja Matriz de Santo Antônio de Pádua, construída originalmente em madeira em 1911, foi reconstruída em taipa e pilão em 1924. O prédio atual é bem preservado tanto por fora quanto por dentro, exibindo belos vitrais e um altar dedicado a Santo Antônio.

A igreja é palco de diversas festas religiosas e tradicionais da cidade, sendo a mais importante a festa em homenagem ao padroeiro da cidade, Santo Antônio.

11 – Fazenda Água da Capoeira

Fazenda Água da Capoeira.
Fazenda Água da Capoeira. Foto: Divulgação.

A Fazenda Água da Capoeira é uma pioneira no turismo rural e sustentável em Santo Antônio do Pinhal. O local é perfeito para desfrutar de momentos relaxantes, explorando toda a sua estrutura, atividades e restaurante com delícias típicas da roça.

Na Fazenda Água da Capoeira, os visitantes podem aproveitar um pomar, trilhas na mata nativa, um deck com vista panorâmica, observação de pássaros, passeio de pônei e cavalo, uma lojinha de artesanato e um empório com produtos artesanais. Além disso, há uma fazendinha com animais e um mirante exclusivo, de onde é possível avistar a famosa Pedra do Baú, localizada em São Bento do Sapucaí.

Para chegar à Fazenda Água da Capoeira, basta percorrer 16 km a partir do centro de Santo Antônio do Pinhal, no bairro do Rio Preto. A maior parte do acesso é por uma estrada asfaltada, e apenas um pequeno trecho é de terra.

12 – Fazenda Renópolis

Fazenda Renópolis.
Fazenda Renópolis. Foto: @rppnrenopolis

A Fazenda Renópolis oferece uma variedade de atividades para todos os gostos, como trilhas ecológicas, horta aromática, plantações orgânicas, loja de artesanato e dois museus temáticos: o Museu da Natureza e a Casa do Papai Noel.

A fazenda funciona aos finais de semana e feriados, das 10h às 16h, e os ingressos têm o valor de R$25 para adultos e R$15 para crianças de até 10 anos.

Para chegar à Fazenda Renópolis, basta seguir pela Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro até o km 38, que fica a aproximadamente 6 km do centro de Santo Antônio do Pinhal.

13 – Pico Agudo

Santo Antônio do Pinhal: Pico Agudo.
Pico Agudo. Foto: Eduardo Maida.

O Pico Agudo é uma das melhores vistas panorâmicas da Serra da Mantiqueira, com uma altitude de 1700 metros, proporcionando uma visão espetacular em dias claros, podendo até avistar a Pedra do Baú. Além de ser um ponto privilegiado para apreciar a paisagem, o local é conhecido por suas atividades de voo duplo, atraindo muitos aventureiros em busca dessa experiência emocionante.

Para chegar ao topo, é necessário enfrentar uma subida íngreme, com parte do caminho em estrada de terra. No entanto, em 2020, a estrada foi pavimentada em trechos mais difíceis, tornando a subida mais tranquila. São aproximadamente 4 km de asfalto e mais 4 km em estrada de terra. O Pico Agudo possui dois mirantes que oferecem vistas panorâmicas de 360 graus.

A entrada e o estacionamento no Pico Agudo são gratuitos.

14 – Fontes de Águas Minerais

Santo Antônio do Pinhal: Fontes de Águas Minerais.
Fontes de Águas Minerais. Foto: Divulgação.

As Fontes de Águas Minerais em Santo Antônio do Pinhal são um destaque notável da cidade, conhecidas por suas propriedades medicinais. Sendo três fontes principais e que estão proximas umas das outras, sendo elas: A Fonte Santo Antônio, Fonte Santo Estevão e a Fonte São Geraldo.

Como se locomover em Santo Antônio do Pinhal?

Santo Antônio do Pinhal possui a maioria das lojas e ateliers de arte concentrados no centro da cidade. No entanto, muitas pousadas, hotéis e atrações turísticas estão localizados em bairros mais afastados, como Barreiro, Machadinho, Rio Preto e Sertãozinho. Embora seja possível explorar o centro a pé, ter um carro facilita a locomoção para passeios, especialmente se a hospedagem estiver nas áreas serranas. A cidade também conta com pontos de táxi disponíveis.

Quantos dias ficar em Santo Antônio do Pinhal?

Para conhecer as atrações de Santo Antônio do Pinhal e região, recomenda-se ficar de 2 a 3 dias. Com esse tempo, é possível visitar praticamente todos os passeios da cidade. É uma viagem perfeita para um fim de semana ou feriado.

Como chegar em Santo Antônio do Pinhal?

Para chegar a Santo Antônio do Pinhal, existem opções de aeroportos próximos, como São José dos Campos (a 70 km) e Guarulhos (a cerca de 170 km). Quem vem de São Paulo ou do Rio de Janeiro pode optar por carro ou ônibus.

De carro, saindo de São Paulo, o trajeto tem aproximadamente 180 km e leva cerca de 2 horas. Já saindo do Rio de Janeiro, a viagem é de aproximadamente 4 horas e tem 320 km.

De ônibus, saindo de São Paulo, há duas opções com cerca de 4 horas de viagem. Uma delas é ir até Pindamonhangaba e depois pegar um ônibus intermunicipal até Santo Antônio do Pinhal. A outra opção é ir até Campos do Jordão e, em seguida, pegar um ônibus para Santo Antônio do Pinhal.

Do Rio de Janeiro, também há duas opções de ônibus. Uma delas é ir até Pindamonhangaba e depois pegar o ônibus intermunicipal. A outra é ir até Campos do Jordão e, em seguida, seguir para Santo Antônio do Pinhal.

Quando visitar Santo Antônio do Pinhal?

A alta temporada do turismo em Santo Antônio do Pinhal ocorre nos feriados e meses de inverno, quando as temperaturas mais baixas tornam os passeios e atrações ainda mais aconchegantes e charmosos. Nessa época, o movimento na cidade aumenta consideravelmente, assim como os preços das hospedagens, principalmente nas áreas serranas.

Para aproveitar passeios ao ar livre com temperaturas agradáveis, o outono é uma boa opção. Entre o feriado de Corpus Christi e o fim de julho, Santo Antônio do Pinhal se torna uma alternativa de hospedagem para quem deseja fugir do agito de Campos do Jordão, que realiza o Festival de Inverno nesse período.

Onde comer em Santo Antônio do Pinhal?

Santo Antônio do Pinhal oferece diversas opções gastronômicas para os visitantes. Algumas sugestões de lugares para comer na cidade incluem a Sorveteria Eisland, conhecida por seus gelatos feitos com ingredientes selecionados da fazenda; o Restaurante Donna Pinha, com ambiente aconchegante e culinária típica de montanha; o Restaurante Arco-Íris, especializado em trutas e com uma vista deslumbrante da Cachoeira Arco-Íris; o Picanha & Pasta, famosa churrascaria da região; e o Café com Orquídea, uma charmosa cafeteria com orquidário.

Para os amantes de cervejas artesanais, Santo Antônio do Pinhal também possui cervejarias renomadas, como a Araukarien, com vistas panorâmicas das montanhas, e a Carijó Empório e Cervejaria Artesanal, localizada próxima à Cachoeira do Lajeado. Esses são ótimos lugares para apreciar deliciosas cervejas artesanais após um dia de passeios pela cidade.

Onde ficar em Santo Antônio do Pinhal?

Santo Antônio do Pinhal oferece diversas opções de hospedagem, desde pousadas econômicas e rústicas no centro da cidade até chalés sofisticados com vista para as montanhas da Serra da Mantiqueira. O custo das diárias é acessível, especialmente em comparação com a vizinha Campos do Jordão.

As pousadas localizadas no centro são mais econômicas, enquanto aquelas nos bairros afastados têm fácil acesso aos principais passeios e atrações turísticas da região. Confira abaixo os preços de alta temporada e avaliações acima de 9 na plataforma Booking.com para diferentes tipos de pousadas, atendendo a diversos gostos e orçamentos.

  • Pousada Cesar  – R$ 195 para uma ou 2 pessoas
  • Chalés Vista Linda – R$ 225 ( 1 Pessoa) e R$ 350 ( 2 pessoas)
  • A Casa da Fazenda – R$ 296 ( 1 Pessoa) e R$ 323 ( 2 pessoas)
  • Chalés Fenix – R$ 300 para uma ou 2 pessoas
  • Pousada Chalé Sol Nascente – R$ 392 para no mínimo 2 pessoas.
  • Chalés Santa Luzia – R$ 400 para no mínimo 2 pessoas.
  • Mantiqueira Flat – R$ 693 para 1 ou 2 pessoas
  • Jardim Suspenso da Babilônia- R$ 1.188 para no mínimo 2 pessoas.

Conclusão

Santo Antônio do Pinhal é um verdadeiro paraíso para os amantes da natureza e da tranquilidade. Com uma variedade de atrativos naturais, como trilhas, cachoeiras e mirantes deslumbrantes. Além disso, suas opções gastronômicas, desde sorveterias com gelatos da fazenda até restaurantes com culinária típica, encantam os paladares mais exigentes. Com uma atmosfera acolhedora e hospitaleira, Santo Antônio do Pinhal é o destino ideal para uma escapada de fim de semana ou um passeio relaxante, garantindo momentos inesquecíveis em meio à beleza da Serra da Mantiqueira.

COMPARTILHE:

4 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, concorda com a utilização de TODOS os cookies.