O que fazer em Macapá: 10 passeios imperdíveis

Macapá é um destino surpreendente. Conhecida como a “capital do meio do mundo” por ser a única do Brasil cortada pela Linha do Equador, a capital do estado do Amapá oferece aos turistas diversas opções de entretenimento – principalmente ligados ao turismo de natureza.

Erguida às margens do Rio Amazonas, a cidade carrega um grande valor histórico e merece ter cada pedacinho enaltecido por quem a visita. Além disso, durante os meses de março e setembro, a cidade presenteia os turistas com um belo fenômeno chamado equinócio. O evento consiste no alinhamento do sol com a Linha do Equador, como resultado fazendo o dia e a noite terem a mesma duração. Além disso proporciona uma experiência inesquecível aos espectadores. Um espetáculo e tanto!

O que fazer em Macapá?

1 – Fortaleza de São José do Amapá

Fortaleza de São José do Amapá Fortaleza de São José do Amapá, a maior fortaleza da América Latina nunca foi usada em guerra. Foto: Divulgação. 

Localizada às margens do Rio Amazonas, a Fortaleza de São José de Macapá foi construída entre os anos de 1764 e 1782 para garantir a soberania do extremo norte do país. No entanto, na década de 50, o complexo foi tombado como Patrimônio Histórico Nacional. De tal forma que atualmente é um dos principais cartões postais da capital amapaense. Imperdível!

Vá lá: Rua Cândido Mendes, 1611 – Centro / De terça-feira a domingo das 8h às 17h

2 – Marco Zero

O que fazer em Macapá. Marco Zero. Marco Zero. Foto: Rogério Castelo. 

O Monumento do Marco Zero é a atração mais visitada de Macapá. Esse é o local que marca onde a linha imaginária do Equador, que divide a Terra em Hemisfério Norte e Sul. Visto que isso ocorre quando o círculo no centro do monumento é preenchido pelo sol no momento exato em que ele está na linha do Equador. O mais legal de visitar essa atração é o fato de o visitante ter a oportunidade de estar com um pé em cada hemisfério. Desse modo não deixe de ir, combinado?

Vá lá: Rodovia Juscelino Kubitschek, km 2, Zerão.

3 – Píer Trapiche Eliezer Levy

O que fazer em Macapá. Píer Trapiche Eliezer Levy O que fazer em Macapá. Píer Trapiche Eliezer Levy. Foto: Foto: André Bonacin. 

Construído na década de 40, esse píer é sem dúvida o lugar per-fei-to para contemplar o pôr do sol macapaense. Com uma estrutura de 400 metros de comprimento – que avança Rio Amazonas à dentro –, o trapiche possibilita aos turistas uma visão privilegiada da orla. Em outras palavras, é vivenciar a Amazônia em sua essência.

Vá lá: Rua Beira Rio – Santa Inês / De segunda-feira a domingo das 8h às 22h

4 – Trilha Maracá (Reserva Particular do Patrimônio Natural)

Trilha Maracá Reserva Particular do Patrimônio Natural Trilha Maracá. Foto: Divulgação. 

A fim de estar mais em contato com a natureza? Então a boa pedida é fazer a Trilha Maracá, localizada dentro da Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN Revecom, na Ilha de Santana, distante 25 km de Macapá.

A trilha / passeio guiado dura cerca de duas horas e durante o trajeto é possível avistar cutias, morcegos, diversas espécies de pássaros e espécies exóticas de planta e muito mais. Por certo uma imersão na floresta Amazônica!

Vá lá: Rua D. Vinte e Oito – Vila Amazonas, Santana / Os passeios são guiados e são feitos de manhã e à tarde em dois horários: das 9h às 12h e das 14h às 17 h

Ingressos: crianças até 4 anos, idosos e portadores de necessidades especiais – gratuito; crianças de 5 a 9 anos – R$ 10; adultos e crianças a partir dos 10 anos – R$ 20).

5 – Museu Sacaca

Museu Sacaca em Macapá Museu Sacaca. Foto: Manoel Fonseca. 

Construído para homenagear o curandeiro Raimundo dos Santos Souza (mais conhecido como Sacaca), um dos mais célebres cidadãos amapaenses, o Museu Sacaca abriga dezenas de atrações. São 12 mil metros quadrados que abrigam um pequeno rio, casas típicas de seringueiros, castanheiros e de diversas etnias indígenas existentes no estado.

A visita proporciona ao visitante vivenciar o dia-a-dia das comunidades tradicionais da Amazônia. Dessa maneira terá a oportunidade de conhecer melhor sobre a cultura amapaense. Baita experiência!

Vá lá: Av. Feliciano Coelho, 1509 – Trem / De terça-feira a domingo das 9h às 17h / Para mais informações, acesse: http://www.museusacaca.ap.gov.br/

6 – Balneário do Curiaú

O que fazer em Macapá: Balneário do Curiaú. O que fazer em Macapá: Balneário do Curiaú. Foto: Águia Drone Imagens Aéreas. 

Localizado dentro da Área de Proteção Ambiental do Curiaú, a 15 km de Macapá, o Balneário do Curiaú é um dos principais atrativos da região.

O local abriga uma área quilombola e o Balneário de águas cristalinas provenientes do Rio Curiaú. Além disso o espaço oferece uma ótima infraestrutura para curtir um dia de sossego com toda a família. Não se esqueça do protetor solar, hein?

Vá lá: Estrada AP-070, 58 – AP-070 – Marabaixo / (Não consegui achar o horário preciso).

7 – Caminhar pela orla de Macapá

Orla de Macapá Orla de Macapá. Foto: Floriano Lima. 

Visitar Macapá e não dar uma caminhadazinha por sua orla banhada pelo Amazonas é o mesmo do que visitar o Rio de Janeiro e não conhecer o Cristo. É bacana chegar ao local no fim da tarde, assim dá tempo de apreciar o pôr do sol. Em seguida, dê uma esticadinha nos bares e restaurantes nos arredores para tomar uma cerveja gelada, comer uns quitutes típicos e curtir uma música ao vivo.

Vá lá: A extensão da orla cobre todo o centro da cidade.

8 – Passeio de barco Rio Amazonas / Ilha de Santana

Passeio de barco Rio Amazonas / Ilha de Santana Passeio de barco Rio Amazonas Ilha de Santana. Foto: Santana. 

Prepare-se para ficar ex-ta-sai-do(a)! O turismo em Macapá não seria o mesmo se não houvesse a opção de passeio de barco pelo Rio Amazonas. Tradicionalíssimo, o passeio pelo coração da Amazônia parte do Porto do Açaí – localizado no município de Santana, a 26 km do centro da capital –, e segue sentido Ilha de Santana. Durante todo o percurso é possível ver (bem) de perto fauna e flora praticamente intocadas da floresta mais famosa do mundo.

Vá lá: Av. Santana, 2275, Santana / Diversas agências locais oferecem o passeio.

9 – Casa do Artesão

Casa do Artesão em Macapá. Casa do Artesão em Macapá. Foto: Carlos Alberto Jr/G1. 

A Casa do Artesão é o maior centro de artesanato do estado do Amapá. O espaço comercializa o trabalho de indígenas e artesões locais. Por isso todas as peças são feitas com produtos naturais como vime, madeira, argila, fibras, entre outros. Pretende levar souvenires para a família e amigos? Desse modo, dê um pulo na Casa do Artesão e contribua com o trabalho dessa galera!

Vá lá: Rua Francisco Azarias da Silva Coelho Neto, S/N – Centro / De terça a sexta-feira das 09h às 21h e aos sábados e domingos 15h às 21h.

10 – Praia do Araxá / Orla do Araxá

Praia do Araxá / Orla do Araxá Praia do Araxá / Orla do Araxá. Foto: Thiko Ferreira. 

A Praia do Araxá ou Orla de Araxá, na capital amapaense, é um complexo turístico oferece aos turistas uma boa infraestrutura. Sendo assim, são quatro bares, seis quiosques, uma quadra de futebol e uma de vôlei. Sem dúvida, é um dos maiores points da cidade. Não deixe de ir!

Então curtiu saber mais sobre esse destino nada tradicional? Compartilhe sua opinião conosco aí nos comentários, bem como não se esqueça de compartilhar com seus amigos nas redes sociais, pois isso ajuda o nosso trabalho e a produzir mais conteúdos como esse.