Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia

O que você sabe sobre a Amazônia? Conheça as maiores curiosidades sobre a belíssima Amazônia, muitas delas provavelmente já sabe, outras provavelmente já não fazem a menor ideia, seja um expert e descubra as maravilhas da maior floresta tropical do mundo, uma região que vai muito além da sua rica biodiversidade.

Preparados? Vamos então a nossa lista das 30 curiosidades sobre a Amazônia.

1- Maior parte do território brasileiro é composta pela floresta amazônica

Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Mapa Floresta Amazônica.

Cerca de 53% do Brasil é composto pelo bioma Amazônia, dele fazem parte todos os Estados da Região Norte: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e partes do Tocantins, um pedaço do Nordeste no Estado do Maranhão e outras partes no Centro-Oeste no Estado Mato Grosso e Goiás.

O Brasil abriga 60% da Floresta Amazônica, seguida pelo Peru com 13% e com partes menores na Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e França (Guiana Francesa).

2 – Floresta Amazônica abriga cerca de 20% de toda a fauna do Planeta

Fauna - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Fauna Amazônica.

A floresta amazônica abriga a maior fauna do mundo, até as últimas pesquisas foram catalogadas mais de 1294 espécies de aves, 427 de mamíferos, 378 de répteis, 3 mil espécies de peixes, 400 de anfíbios e mais de 100 mil invertebrados, porém acredita-se que boa parte delas ainda nem foram catalogadas ou registradas.

3 – A Amazônia representa mais da metade das florestas tropicais do mundo.

Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Floresta Amazônica Foto: Acervo ICMBIO.

4 – Estima-se que 20% do oxigênio do mundo seja produzido pela Floresta Amazônica

oxigênio Amazônica -Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Sobrevoo pela floresta amazônica. Foto: Neil Palmer Wikipedia.

Essa curiosidade sobre a Amazônia impressiona, sua flora é abençoada pela natureza, ela abriga aproximadamente 30 milhões espécies de vegetais, são mais de 400 bilhões de árvores de 16 mil espécies diferentes, aliados as suas chuvas constantes, a Amazônia chega a ser a uma usina produtora de oxigênio.

5 – Maior parque nacional do Brasil

Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque. Foto: Zig Koch.

O Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque é o maior Parque Nacional do Brasil, como uma área de 3,8 milhões de hectares de floresta na Amazônia, está unidade de conservação está localizada nos estados do Amapá e Pará.

6- Maior Arquipélago de agua doce do mundo

Editar post ‹ Turismo de Natureza — WordPress Arquipélago de Mariuá, no Parque Nacional do Jaú. Foto: Divulgação.

Arquipélago de Mariuá, localizado no município de Barcelos, no Amazonas, é o maior arquipélago de agua doce do mundo, com mais de 1400 ilhas, são 140 km de extensão e 20 km de largura, esse ecossistema amazônico está localizado dentro do Parque Nacional do Jaú.

7 – Maior Arquipélago fluvio-marítimo do mundo

Maior Arquipélago fluvio marítimo do mundo - Marajó Ilha do Marajó no município de Soure. Fazenda São Jerônimo.

A Ilha do Marajó, que na verdade é um arquipélago, no Pará, é maior arquipélago fluvio-marítimo do mundo, ou seja, o maior arquipélago localizado entre o rio e o mar, por isso boa parte das suas praias a agua é salobra, que é a mistura de água doce com a agua salgada, o Marajó possui mais de 2500 ilhas.

8 – Maior cachoeira do Brasil

Maior cachoeira do Brasil - eldorado - - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia A Cachoeira do El Dorado, no município de Barcelos (Amazonas). Foto: Eduardo Sozo.  A Cachoeira do El Dorado, no município de Barcelos (Amazonas). Foto: Eduardo Sozo.[/caption]

A Cachoeira do El Dorado é a maior Cachoeira do Brasil, localizada na Serra do Aracá, no município de Barcelos, no Estado do Amazonas. A cachoeira do El Dorado, também conhecida como Cachoeira do Aracá, tem em sua queda d’agua de 353 metros, equivalente a um prédio de 126 andares. Fazendo desta a maior cachoeira do Brasil em queda livre.

9 – A praia de rio mais bonita do mundo

Praia de Rio Mais bonita do Mundo - alter do chão - santarém - - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Praia do Amor – Alter do Chão – Pará. Foto: Cristiano Santa Cruz.

Você sabia que no Norte do Brasil existe um local conhecido como Caribe Amazônico? Nesta região existem diversas praias de areia branca e águas claras, a mais famosa é a Praia do Amor. Eleita a mais bela praia de agua doce do mundo, localizada em Alter do Chão, no município de Santarém, no Pará. O melhor período para visita-la é entre os meses de agosto e novembro, quando as águas baixam e as praias aparecem. Por essa curiosidade você não esperava, não é?

10 – A maior montanha plana do mundo

10 – A maior montanha plana do mundo - amazônia -Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Monte Roraima é a maior montanha plana do Mundo. Foto: Paolo Costa Baldi.

Suas belezas, trilhas, historias e de difícil acesso, fazem do Monte Roraima um dos lugares mais cobiçados do mundo, a montanha está na tríplice fronteira da região amazônica entre Brasil, Venezuela e Guiana.

Lugar único e misterioso, a região inspirou o escritor Conan Doyle, famoso pelo livro “O Mundo Perdido”, também foi fonte de inspiração para o filme “Up Altas Aventuras”.

11 – Vitória Régia

Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia A vitória-régia, símbolo da Amazônia, é uma das mais belas plantas aquáticas do mundo.

A vitória-régia ou victória-régia (Victoria amazonica) é um dos principais símbolos da Amazônia, sua grande folha em forma de círculo, que fica sobre a superfície da água, pode alcançar até 2,5 metros de diâmetro e aguentar até 40 quilos se forem bem distribuídos em sua superfície.

12 – Maior rio do mundo

– Maior rio do mundo - rio amazonas - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Rio Amazonas visto de um satélite.

O maior rio do mundo em extensão é o Rio Amazonas (6.850 km), apesar de haver controvérsias entre pesquisadores quanto ao Rio Nilo (6.435 km), o rio nasce nos Andes Peruanos, passa pelos Estados do Acre, Amazonas e desagua no oceano atlântico entre os Estados do Pará e Amapá.

O Rio Amazonas também com a maior vazão de agua do mundo, são mais de 200 milhões de litros de água doce despejadas no oceano, cerca de 20% da vazão dos rios do planeta, se apenas 1% dessa vazão fosse aproveitada, daria para abastecer a região do nordeste e sudeste juntas.

13 – A maior reserva de água doce do mundo

rios amazônia Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Rios da Amazônia.

Água é vida, com a maior reserva de agua doce do mundo, a Amazônia possui um quinto de toda a reserva de água potável do planeta e 90% da água doce do Brasil.

14 – Gastronomia Amazônica

Gastronomia Amazônica - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Gastronomia Amazônica – Belém do Pará.

Com uma das culinárias mais autênticas do planeta, a diversidade e os sabores da Amazônia fez de Belém do Pará estar em um seleto grupo de Cidades Criativas da Gastronomia pela UNESCO, a cidade também foi eleita a gastronomia melhor avaliada por turistas estrangeiros segundo o Ministério de Turismo.

15 – Tribos indígenas isoladas

tribos indígenas isoladas - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Tribos indígenas isoladas na Amazônia. Foto: Guilherme Gnipper/Hutukara.

Ainda existem tribos indígenas isoladas e que nunca tiveram contato com civilizações modernas vivendo na Amazônia.

16 – O maior peixe de água doce do mundo

Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Peixe Pirarucu.

O Pirarucu é o maior peixe de água doce do mundo,  ele pode atingir até 3 metros de comprimento e pesar até 250 quilos.

17 – Maior rebanho bubalino

17 - marajó - maior rebanho búfalos - Fauna - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Búfalos pelas praias na Ilha do Marajó. Foto: Divulgação.

O maior rebanho bubalino do Brasil está localizado na Amazônia, mais precisamente na Ilha do Marajó, no Pará, são mais de 500 mil búfalos de 4 raças de diferentes, esses animais por lá são tão comuns quanto cachorros, não é difícil encontrar um deles pelas ruas dos seus municípios.

18 – A Belle Époque

Teatro Amazonas - Foto Embratur - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Belle Époque: Teatro Amazonas em Manaus. Foto: Embratur. 18.2 - mercado ver-o-peso - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Belle Époque: Mercado Ver-o-Peso em Belém.

Durante o ciclo da borracha (1879-1912), a Amazônia foi responsável por quase 40% das exportações brasileiras, diversas famílias e empresários europeus havia se mudando para a região norte devido a este grande negócio, com destaques para as cidades de Belém e Manaus, estas se enriqueceram e se modernizaram muito durante esse período, conhecido também como a Belle Époque, passeando por essas cidades você encontrará casarões, palacetes e palácios inspirados na arquitetura europeia.

A riqueza acabou quando ingleses levaram as mudas de seringais para a Malásia, até hoje líder mundial na produção de borracha natural. Abaixo 2 construções trazidos da Belle Époque na Amazônia.

19 – Stonehenge da Amazônia

19 - Stonehenge da Amazônia - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Stonehenge da Amazônia no Amapá. Foto: Dado Galdieri/The New York Times.

Descoberta em 2005, um conjunto de grandes rochas fincadas no solo no meio da selva amazônica virou um mistério para pesquisadores do mundo todo, este monumento conhecido como Stonehenge da Amazônia, em alusão ao megálito (pedras gigantes) Inglês, virou patrimônio arqueológico para fins de pesquisas e estudos sobre civilização indígena que habitavam naquela região.

Este sítio arqueológico está localizado no Estado do Amapá, a 374 quilômetros da capital Macapá, apesar de as pesquisas ainda tentarem encontrar informações que cercam o megálito, já descobriram urnas antropomórficas (espécie de urna funerária utilizada por indígenas onde depositam restos mortais), outros estudos apontam também que as rochas poderiam ser utilizadas para observatório astrológico ou calendário.

20- A cidade mais inacessível por estradas no mundo

20 - Iquitos - amazônia - peru - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Cidade de Iquitos no Peru.

Na Amazônia Peruana, em Iquitos, é conhecida por ser a cidade de maior quantidade de habitantes em todo o mundo que não pode ser alcançada por rotas terrestres, portanto a cidade mais inacessível por estradas no mundo, nela vivem aproximadamente 400 mil habitantes.

21 – Territórios Indígenas

21 - tribos indigenas amazônia -Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Comunidade Baniwa de Tucumã-Rupitã, Alto Rio Içana, Terra Indígena Alto Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira, Amazonas. Foto: Beto Ricardo/ISA.

O governo federal reconheceu 690 territórios para a população indígena, que abrange cerca de 13% do território brasileiro. Quase todas estas terras (98,5%) encontram-se na Amazônia.

22 – Desmatamento da Amazônia

22 - desmatamento da amazônia - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Desmatamento da Amazônia. Foto: Divulgação.

Desde que os portugueses chegaram no Brasil, no período de 1550 até 1970, o desmatamento da Amazônia não passava de 1%, nos últimos 40 anos estima-se que a floresta perdeu 18% da sua mata original. Triste situação 🙁

23 – Encontro das Águas

23 - encontro das águas - rio negro e solimões - Descubra 30 -Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Encontro das águas. Rio Negro e Solimões em Manaus.

O Encontro das Águas em Manaus (AM), é fenômeno hidrológico que ocorre em decorrência da diferença entre temperatura, a densidade e velocidade dos rios Negro e Solimões.

Os rios escuros, como o Negro, são muito mais bonitos, mas a água é ácida e pobre em nutrientes. Apenas 5% dos peixes vendidos em Manaus vêm do Rio Negro, que banha a cidade.

24 – Rio Amazonas e Tapajós

24 – encontro das águas - tapajós e amazonas - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Encontro das águas – Rio Tapajós e Rio Amazonas em Santarém, Pará.

Engana-se quem pensa que o encontro das águas ocorre só no Estado do Amazonas, este fenômeno também ocorre no Pará entre o Rios Amazonas e Tapajós.

Uma curiosidade do Rio Tapajós, é que sua coloração varia no decorrer do ano, de tonalidade escura para azul-esverdeada, sendo nesta é quando surge a maior parte das praias de Santarém quando o rio seca.

25 – A Pororoca

25 - surf pororoca -Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Campeonato de Surf na Pororoca, em São Domingos do Capim, Pará. Vence o prêmio para quem permanecer maior tempo surfando na onda. Foto: MÁCIO FERREIRA / AG. Pará.

Este fenômeno natural ocorre devido o encontro das águas de um rio com o oceano. O termo pororoca é derivado do Tupi que significa estrondo, ainda não se sabe ao certo como ela se origina, o mais relatado por pesquisadores é que ela se forma devido à mudança das fases da lua.

26 – Castanha do Pará

26 – castanha do pará - árvore - turismo de natureza Arvore da Castanha do Pará.

A famosa Castanha do Pará, ao contrário do que a maioria pensa, essa castanheira não ocorre somente no Pará, ela é encontrada por toda a Amazônia.

27 – Arte Cerâmica Marajoara

27 - artesanato marajoara - ceramica marajó - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Artesanato Marajoara. Arte cerâmica inspirado na cultura indígena.

Considerada a mais antiga arte cerâmica do Brasil e uma das mais antigas das Américas, a civilização indígena da Amazônia que habitou a Ilha do Marajó, no Estado do Pará, entre o período de 400 a 1400 d.C, mostraram ao mundo através dos seus sítios arqueológicos , uma rica e sofisticada arte cerâmica de rara beleza, que eram utilizadas para objetos rituais, utilitários e decorativos.

É muito comum no Pará a produção e comercialização dessas réplicas do artesanato marajoara, sendo este muito comum dos lares paraenses e também muito comercializado fora do país, elas costumam ser muito mais valorizadas no exterior do que no Brasil.

28 – O maior festival folclórico do Brasil

28 - festa do parintins - amazonas - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Festa de Parintins, no Amazonas. Foto: Portal Marcos Santos.

Um espetáculo a céu aberto que mais parece uma opera gigante, assim é o festival de Parintins, no município de mesmo nome no Amazonas, essa belíssima festa folclórica que cultua a natureza amazônica, são disputados por 2 grupos: O Boi Garantido (símbolo da cor vermelha) e a do Boi Caprichoso (símbolo da cor azul). Ganha quem fazer a melhor apresentação.

29 – Geoglifos da Amazônia

29 - Geoglifos da Amazônia - acre - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Geoglifos da Amazônia no Acre. Atualmente os desenhos estão numa lista para serem declarados Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco.

Pouco se sabe a respeito sobre os geoglifos da Amazônia, mais precisamente no Acre, sua primeira descoberta ocorreu no ano de 1977, porém devido ao desmatamento, hoje são foram catalogados cerca de 500 no Estado, algumas pesquisas sugerem um espaço de comunicação espiritual e ritual com a natureza.

Os desenhos formados no solo apresentam diferentes formatos, tais como: Quadrados, círculos, elipses e octógonos, acredita-se que eles foram produzidos entre os anos de 3000 a.C. e 1000 d.C.

30 – O Deserto do Saara na Amazônia

30 - deserto saara - amazônia - Descubra 30 Curiosidades sobre a Belíssima Amazônia Deserto Saara lançando sua poeira na Amazônia.

Essa não é uma lista sobre as curiosidades da Amazônia? E o que tem haver o Deserto do Saara nisso? Parece difícil de imaginar, mas o deserto alimenta a Amazônia através da fertilização de seus areais, é o que concluiu um estudo realizado pela NASA.

Estas 2 regiões tão distintas estão interligadas através de um “rio de poeira” que viaja 16 mil km pela atmosfera. A cada ano, as fortes rajadas de ventos do Deserto do Saara carregam enormes nuvens de poeira em uma viagem transatlântica até a Amazônia. Está poeira é rica em fósforo, o motivo disso é que sua origem se dá através do leito do lago Chad, onde possui os restos de organismos mortos há muito tempo no Saara.

A quantidade de nutrientes trazidas por esses areais rica em fósforo, é o que ajuda na fertilização e no crescimento das plantas, o que não chega ser é tão abundante na floresta.

E aí? Curtiu essas curiosidades sobre a Amazônia? Quantas você já sabia? Qual curiosidade da Amazônia você achou mais interessante?

Veja também: